Prouni 2019 – Inscrições, Lista de Espera, Resultado, Nota de Corte

Nesta página, você irá saber tudo sobre Prouni 2019 – Inscrições, Lista de Espera, Resultado, Nota de Corte e mais.

Quem pode participar do Prouni 2019

Para se inscrever no Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2018 é preciso ter participado do Enem 2018 e ter obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, ter obtido nota na redação que não seja zero.

Para efetuar a inscrição no Prouni do primeiro semestre de 2019, o candidato deve informar o número de inscrição no Enem 2018 e a senha mais atual cadastrada no Enem.

O que é o Prouni 2019

É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Entenda como fazer a inscrição no Prouni 2019

A inscrição, gratuita, deve ser feita exclusivamente pela internet, na página do Prouni. O candidato pode pesquisar on-line as instituições e cursos com oferta de bolsas no processo seletivo do primeiro semestre de 2019.

Para fazer a inscrição, o candidato deve informar o número de inscrição no Enem de 2018 e a senha mais recente usada no Enem. Caso não se recorde do número de inscrição do Enem 2018 ou a senha, o candidato pode recuperá-los na página do Enem.

Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil.  O candidato com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

Como funcionam e quem podem participar

– Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola.

– Estudantes com deficiência.

– Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Cronograma ProUni 2019

Passo a passo faça a sua inscrições ProUni 2019

->Acesse o site http://prouniportal.mec.gov.br/;

->Preencha seus dados;

->Responda o questionário corretamente;

->Escolha os cursos;

->Confirme sua inscrição.

Como saber os resultados do Prouni 2019?

O processo seletivo do primeiro semestre de 2019 é constituído de duas chamadas sucessivas. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de fevereiro de 2019; o da segunda chamada em 02 de março de 2019.

Os resultados estarão disponíveis na página do Prouni e nas instituições de ensino participantes do programa.

Prouni 2019
Prouni 2019

Como participar da lista de espera do Prouni 2019?

Para participar da lista de espera, o candidato deve obrigatoriamente confirmar, na página do Prouni, no prazo especificado no cronograma, o interesse na bolsa.

A lista de espera do Prouni será única para cada curso e turno de cada local de oferta, independentemente da opção original dos candidatos pela concorrência a vagas destinadas à implementação de políticas afirmativas ou à ampla concorrência.

interesse em participar da lista de espera deve ser manifestado pelo candidato de 16 a 19 de março de 2019, na página do Prouni.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção, o candidato:

  • Não pré-selecionado nas chamadas regulares.
  • Pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à segunda opção, o candidato:

  • Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso.
  • Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso.
  • Pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

A relação dos candidatos participantes da lista de espera estará disponível para consulta pelas instituições no dia 20 de março de 2019.

Todos os candidatos participantes da lista de espera terão de comparecer, entre os dias 21 e 22 de março de 2019, às respectivas instituições para apresentar a documentação para comprovação das informações prestadas na inscrição.